UTI – O BRASIL EM ESTADO TERMINAL

Ainda em clima de comemoração pelo Registro Profissional de Jornalista, encontrei uma série que produzi em 2000, que visava a leitura crítica das notícias que saiam na imprensa, com o sugestivo nome de “UTI – O Brasil em estado terminal”. Poderia ser um embrião do humor do Ali Ben Al Terado, que viria à tona uma década depois. Naquela época, já dava para sentir toda a ironia que iria aflorar de vez com a criação do Al Terado.

Seguem as 7 colunas produzidas naquele inicio de século.

UTI – O BRASIL EM ESTADO TERMINAL

SAMBA MULHER E FUTEBOL

O cerco aos milhões desaparecidos na construção do prédio do TRT chegou à cúpula do governo federal. Os dias de sossego de FHC devem estar no fim. Seu ex-secretário-geral, Eduardo Jorge, terá que se explicar na Câmara. Contra ele estão perigosas ligações com o juiz foragido Nicolau dos Santos Neto, o “Lalau”. Estranhamente, no dia seguinte aos telefonemas, iam sendo liberadas gordas parcelas de dinheiro. A defesa alega que outros assuntos estavam sendo tratados, tais como a indicação de colegas que pudessem apoiar o governo em decisões judiciais. Não teriam, tão nobres senhores, discutido também sobre samba, mulher e futebol?

RUBRO DE VERGONHA

Nem os falecidos escapam. O escândalo atinge agora a Fundação Teotônio Vilela, que deve estar se remexendo na tumba. Seu filho, senador e presidente nacional do PSDB, afirma estar com muita vergonha. Vamos aos fatos. Auditoria interna confirmou o desvio de verbas do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que deveriam ser aplicadas no combate ao desemprego, em cursos de qualificação profissional. Dos R$ 4,5 milhões liberados, R$ 2,37 milhões foram sacados em agências bancárias. Outros R$ 120 mil são relativos à compra de material escolar de uma empresa que trabalha no ramo de cimento. Sem falarmos nos R$ 45 mil usados na compra do carro importado da mulher do ex-diretor-administrativo da Fundação.

DE OLHO NA TELINHA

O governo está prestes a emitir 168 licenças para o funcionamento de retransmissoras de TVs educativas. As concessões são gratuitas e válidas por 15 anos (renováveis). Praxe no governo Sarney, a distribuição de canais televisivos transformaram-se na mais nova moeda de negociação política do clientelismo tucano. Em 1995, Sérgio Motta dizia que não haveria mais distribuição gratuita de canais, os processos passariam por licitações públicas. Cinco anos depois, uma lista de políticos, escondidos atrás de Fundações, disputa tão sonhada mina de dinheiro. As primeiras 12 concessões assinadas por FHC já beneficiaram prefeitos, ex-prefeitos, deputados estaduais, federais e parentes. Falta afora a aprovação do Congresso Nacional.

DO LIXO AO LUXO

Nosso país se aproxima cada vez mais de um grande aterro sanitário. O lixo escorre pelas beiras. As empresas de coleta de lixo estão lucrando como nunca, ao menos as envolvidas no esquema de corrupção na prefeitura de São Paulo. Vega Engenharia Ambiental e Vega Sopave S/A mandaram para o exterior R$ 46 milhões, derivados de “resultados positivos”. Com lucros tão assustadores, o Brasil deve ser proprietário do lixo mais rico do planeta.

UTI – O BRASIL EM ESTADO TERMINAL

PIMENTA, NOS OLHOS DOS OUTROS É REFRESCO!

Alguém deveria corrigir o ministro Pimenta da Veiga. O homem não deveria sair falando bobagens por aí, ainda mais com o cargo que ocupa no Ministério das Comunicações. Dizer que uma CPI para apurar o desaparecimento dos R$ 169 milhões da obra do TRT-SP “é um exagero, puro exagero” agride a nossa inteligência. Meu caro ministro, não estamos tratando de pouca bobagem não senhor. Além da montanha de dinheiro que sumiu, temos o envolvimento do ex-senador Luiz Estevão, do juiz Nicolau dos Santos e do ex-secretário da presidência Eduardo Jorge. Nós, cidadãos brasileiros, não podemos mais aceitar estes ciscos nos olhos, esses chutes nos bagos.

PISANDO EM OVOS

O ambiente anda pesado no Planalto Central do Brasil. Em visita oficial, o rei da Espanha, Juan Carlos, trouxe de seu país uma compoteira de mais fino cristal. A peça era uma reprodução artesanal inspirada em obras do século XVIII, feita pela Real Fábrica de Cristal de La Granja com as mesmas técnicas que haviam no passado. Seu valor, incalculável. Da. Ruth abriu a tampa, mas não conseguiu fechá-la e todos saíram da sala. Um segurança foi arrumar o objeto que se esfacelou. Em Brasília, nem mãe de santo tá dando certo. A bruxa anda solta. Apesar de não acreditarem nela, que ela hay, hay.

SOGRO TAMBÉM É PARENTE?

De onde estiver o juiz Nicolau dos Santos, o “Lalau”, por favor responda-nos a essa dúvida. Sogro também é parente? Digo isso porque os procuradores da República Guilherme Schelb e Luiz Francisco Fernandes de Souza descobriram que o juiz foragido viajou em aviões da FAB a convite de Eduardo Jorge, na época secretário-geral de FHC. Quem também confirma a história é o ex-genro do magistrado, que diz que às vésperas das viagens, em família, “Lalau” se gabava de estar voando em jatinho de um “figurão de Brasília”. Ainda mais, para o ex-genro o juiz está escondido no Brasil. Só falta agora a polícia agir.

LEXOTAN

Onde estão os meus calmantes? Esta deve ser a pergunta mais frequente nos quartos de dormir dos poderosos. A repercussão do caso Eduardo Jorge derrubou a bolsa de valores paulista. A queda foi de 3,38%, a pior desde abril, e zerou os ganhos acumulados no ano. Para o diretor do BNP, o mercado ficou “incomodado” com o episódio. A bolsa vinha sendo sustentada por uma série de boas notícias, segundo o diretor do Lloyds Bank. Só se esqueceu de dizer quais. Daqui para frente, só tomando pílulas.

UTI – O BRASIL EM ESTADO TERMINAL

ESQUEÇAM O QUE ESCREVI

Esta parece que vai ser a frase lapidar do governo FHC. Depois de renunciar aos textos publicados enquanto sociólogo, nosso presidente quer que esqueçamos a sua assinatura no pedido de liberação de verba para a construção fraudulenta do TRT-SP. O documento é de 1996, para este ano estavam orçados R$ 7 milhões para a obra em questão. Com uma canetada, FHC elevou a verba para R$ 32,7 milhões. A assessoria presidencial diz que FHC não leu o que assinou e que a responsabilidade dos despachos é dos ministros. Naquele ano, duas pessoas faziam os despachos presidenciais, Clóvis Carvalho, e adivinhem quem mais? O assessor leal, Eduardo Jorge. FHC deveria tomar mais cuidado por onde enfia a caneta.

ADVOGADO DO DIABO

Na busca dos R$ 169 milhões desaparecidos na construção do TRT-SP a Justiça deu 45 dias para o Banco Central rastrear o destino das 89 ordens de pagamentos emitidas pela Incal. Até agora, apenas 8 foram esclarecidas. Foram encontrados US$ 34 milhões nas contas das empresas do ex-senador Luiz Estevão e US$ 6,2 milhões nas contas do foragido juiz Nicolau dos Santos, o “Lalau”. A defesa do ex-senador está melindrosa contra o bloqueio dos bens de seu cliente já que a maioria dos bens adquiridos são anteriores ao desvio da verba. É mesmo uma injustiça com o coitadinho. Além disso, como serão pagos os honorários dos advogados?

JESUS, ILUMINAI-NOS

Parece que agora só entregando a Deus. A atuação do Tribunal Superior Eleitoral é tão rasa que a Igreja Católica vai criar comitês para fiscalizar as eleições. Jayme Chemello, presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, explica: “O problema da corrupção no país é cultural. No nosso país, enganar o outro é sinal de experiência e sabedoria.” Para ele, o eleitor brasileiro é enganado com muita facilidade. Os comitês vão esclarecer os eleitores a não votarem em candidatos que prometam empregos e distribuam cimento e comida em troca de votos, e distribuirão cartilhas para orientá-los.

FELIZ ANIVERSÁRIO

O Estatuto da Criança e do Adolescente completou 10 anos. Para comemorar, a Anistia Internacional lançou o relatório “Brasil, Desperdício de Vidas”. Trata-se de uma análise da situação da FEBEM, onde estão guardados os jovens em conflito com a lei. No auge das rebeliões do ano passado, o governador Mário Covas prometeu não descansar enquanto não resolvesse o problema. Até hoje, os meninos continuam apanhando, em condições sub-humanas, sem nenhuma atividade sócio-educativa. Talvez não sejam anjos, mas com esse tratamento, voltarão com mais ódio às ruas. O governo está ignorando a legislação federal sobre a criança e o adolescente e o Tribunal de Justiça é cúmplice das violações de direitos humanos, diz a Anistia Internacional. Tratando seus jovens assim é que o país vai para frente? Avança Brasil!

UTI – O BRASIL EM ESTADO TERMINAL

EM FAMÍLIA

O PAS “agoniza, mas não morre…”. Neste samba de várias notas superfaturadas, parece que muito dinheiro vem sumindo. Diretamente tirados do caminhão de lixo, os documentos que a empresa Matmed tentava se livrar comprometem outras três. Atenção, todas ligadas aos irmãos Amauri (dono da Matmed) e Mauro Alves Pereira (dono da Falcão Comercial de Produtos Ltda). A Saúde Pública agradece ao Sr. Guerino Alves Pereira (dono da Onix) por colocar no mundo dois pimpolhos tão brejeiros. A família conta ainda com Márcia Aparecida Sotto Alves Pereira (dona da Vitrine Médica Artigos Hospitalares). A nora parece seguir bem os caminhos ensinados.

SÓ RINDO

A Justiça pôs as mãos nos empresários José Eduardo Teixeira Ferraz e Fábio Monteiro de Barros, sócios da Incal, empresa envolvida no sumiço de módicos R$ 169 milhões, na construção do Fórum Trabalhista de São Paulo. Os dois foram libertados sob alegação de que o principal responsável pelas irregularidades seria o ex-senador Luiz Estevão. A lógica é “vamos prender o mais culpado”? Todos os culpados deveriam continuar presos! Adivinhem o final. Os três chegaram a ser detidos, os três estão soltos. Gastando à vontade e sorrindo.

LEMBRA DO LEMBO?

Este é um exercício de memória que talvez valha a pena. Não esqueçam este nome: Cláudio Lembo. O líder paulista do PFL lança o guia “Os Caminhos da Vitória”, que prega um comportamento ético dos afiliados. O próprio admite que não tem como garantir que o PFL seja “totalmente limpinho”. Também, tendo passado por seus quadros nomes como Hildebrando Pascoal (chefe do crime organizado no Acre), Talvane Albuquerque (acusado pelo assassinato da deputada Ceci Cunha, em Alagoas), Antônio Belinati (prefeito cassado de Londrina) e um candidato a vereador por São José dos Pinhais (PR) que tem seis CPFs, dois RGs, quarenta e cinco processos, foi autuado pela Receita Federal em R$ 800 mil, entre outras coisinhas mais. Desse jeito, nem sabão Omo – o branco que sua família merece – resolveria.

PESADO E LENTO

FHC recebeu em seu apartamento o sociólogo inglês Anthony Giddens. O guru de Tony Blair, pregador da tão almejada terceira via, deu o recado: “O Estado, inclusive no Brasil, não mostrou ser solução para os problemas sociais. Ao contrário, provou ser corrupto, pesado e lento.” Continua ainda: “O desenvolvimento econômico requer ação do governo… A política econômica deve estar conectada à política social. Os neoliberais, que só pensam em eficiência, falam apenas no equilíbrio da política fiscal.” Será que os nossos neoliberais pensam? Ou apenas copiam o que escutam?

UTI – O BRASIL EM ESTADO TERMINAL

OS TRAPALHÕES

A Praça dos Três Poderes, em Brasília, poderia mudar de nome. Poderia ser carinhosamente chamada de Praça dos Três Patetas. Estes sim, por seus prestáveis serviços de entretenimento, merecem nossa homenagem. Já os nossos comediantes do Judiciário, estes aprontaram novamente. Com a cassação do ex-senador Luiz Estevão, seu processo de prisão não poderá mais ser julgado pelo STF, e sim pela 1ª Vara da Justiça de São Paulo. A perda da imunidade parlamentar, amo menos a curtíssimo prazo, beneficiou mais uma vez o infrator. A impunidade persiste em nosso país.

O MESMO FILME

Parece ironia, o problema se repete. No caso dos cargos executivos, foram os vices (Sarney-Tancredo, Itamar-Collor). No legislativo são os suplentes. Cassado, quem substituiu o Hildebrando? Não foi um “cordeiro de Deus”. O substituto era pior que o chefe. O suplente do recém-cassado Luiz Estevão parece repetir a película. Vladimir Amaral (PMDB-DF) está sob investigação do Ministério Público. Acusações: formação de quadrilha e falsidade ideológica. ACM teme efeito dominó, com a abertura de sucessivas investigações para punição de maus senadores. Adiaram para agosto a posse do infeliz.

COBERTOR DE POBRE

A bancada da Saúde no Congresso vem lutando pela aplicação mínima de recursos destinados ao setor. Para este ano, conseguiram aprovar R$ 502 milhões acima dos valores previstos. O coro da oposição é engrossado pelo ministro José Serra. Pedro Malan criticou a aprovação da Emenda Constitucional que beneficiou a Saúde. O ministro da fazenda diz que outros setores sociais serão prejudicados, pois o dinheiro que vai para a Saúde terá que sair de algum lugar.

PELAS ESTRADAS DA VIDA

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu que apenas os governos municipais não poderão fazer propaganda durante as eleições deste ano. Desta forma, governo federal e estadual estão livres para gastar à vontade em anúncios, ajudando indiretamente os candidatos dos partidos da situação. Em Minas Gerais a temperatura já é alta. Enquanto o Planalto espalha publicidade com o tema “Minas. Aqui tem desenvolvimento, aqui tem governo federal.”, o governador Itamar Franco insiste em pregar placas acusando o mesmo governo empreendedor pelas más condições do tráfego nas estradas federais que cortam o seu bucólico Estado de Minas Gerais.

UTI – O BRASIL EM ESTADO TERMINAL

VALHA-ME DEUS

Com a perda da imunidade, o ex-senador Luiz Estevão ganhou mais alguns minutos de respiro. O processo que corria contra ele em Brasília terá que mudar para São Paulo, mas a Justiça está em recesso. O responsável para que o processo continue andando, mesmo durante as férias forenses, é Marco Aurélio de Mello, primo do cassado Collor. Marco Aurélio tem poderes para enviar já o processo para São Paulo, como também tem poderes para esperar a volta do juiz titular do caso, apenas em agosto.

REGULAR POSITIVO, REGULAR NEGATIVO?

Viva os institutos de pesquisas. Depois de segurarem a candidatura Marta Suplicy até o último minuto, induzindo o eleitor ao voto útil em Covas contra Maluf, agora tentam salvar a popularidade de FHC. Os últimos números apontam 73% de entrevistados desaprovando nosso príncipe da sociologia. Ainda estão com o homem 26% dos ouvidos. A maior inovação: no quesito aprovação são medidas as respostas ótimo, bom e regular positivo. No quesito desaprovação são contadas as respostas péssimo, ruim e regular negativo.

PREVISÃO DO TEMPO: CHUVAS E TROVOADAS

O ministro Andrea Matarazzo (Comunicação da Presidência) acha que a baixa popularidade do presidente não é tão ruim como pintam. Disse: “o clima é pior que a realidade.” Para os governistas a imagem do governo está sendo abalada por fatores ligados à economia externa ao país. Mas com as notas que tirou, FHC não passaria no provão: Transportes 4,43; Educação 4,18; Saúde 3,5; Agricultura 3,45; Combate à Inflação 3,43; e Reforma Agrária 3,06. Governistas acham que os investimentos na área social, ao menos nos dois últimos anos dos oito em que FHC estará no governo, possam ajudar para que seu nome não prejudique a candidatura de seu sucessor. Nuvens negras à vista.

FAMÍLIA VENDE TUDO

A onda das privatizações continua. Furnas, que deu um prejuízo de R$ 346 milhões nos cinco primeiros meses do ano passado, acusa um lucro de R$ 260 milhões para o mesmo período deste ano. A previsão do balancete para 2001 é de R$ 700 milhões positivos. Saneada, a empresa está no ponto para ser passada para o mercado privado, sempre com preços de pai para filho. Nossos governantes são dignos de uma Família Trapo.

UTI – O BRASIL EM ESTADO TERMINAL

MADRE TERESA

Somente os poderes municipais serão vigiados nas eleições de outubro. Governos estaduais e federal poderão gastar à vontade com publicidade de suas belas obras. O Tribunal Eleitoral acredita que coibirá os abusos de poder político e uso da máquina administrativa. Conta com um grande aliado na parca fiscalização: o povo! O presidente do Tribunal, Neri da Silveira, crê numa jornada cívica de candidatos e eleitores para assegurar uma campanha limpa. É muita inocência para um homem só.

QUEM AVISA AMIGO É

Foi dada a largada para a sucessão municipal. Começou, oficialmente, a campanha eleitoral 2000. O PSDB largou na frente no requisito “uso de posição previlegiada dentro do poder público federal para beneficiar candidaturas em esferas municipais”. A cúpula do partido acertou uma agenda dos ministros, que viajarão o país para divulgarem as virtudes do governo. José Serra (Saúde) e Paulo Renato (Educação) serão os mais requisitados., têm a missão de levantar a popularidade do partido. Do jeito que as coisas caminham, serão ovacionados em praça pública.

CASA DA MÃE JOANA

O Brasil se aproxima cada vez mais de um prostíbulo. O país, já famoso por suas atrações no turismo sexual, atrai centenas de civilizados europeus (e outras raças superiores) que populam nossas praias nordestinas, atrás de aventuras com meninas adolescentes subnutridas. Mas, desta vez, o caso é diplomático. O cônsul-adjunto de Israel, Arie Scher, teve que fugir para seu país enquanto a polícia vasculhava seu apartamento. O tarado mantinha 9 sites pornográficos, está envolvido até o pescoço numa rede de pedofilia e prostituição infantil. A fuga se deu no voo 1416, às 12hs 48, em plena luz do dia. A polícia não tomou medidas preventivas, pois acreditava que o maroto iria se apresentar para depor, conforme informações passadas pelo consulado.

ASSIM NÃO VALE

O Exército Brasileiro deslocou tropas para defender as posses da família do presidente FHC. O governador de Minas entendeu que esta não é a incumbência das Forças Armadas, e quer saber o custo da operação. Pretende conquistar na Justiça uma indenização aos cofres da União. No bate-boca entre as partes, a assessoria jurídica da presidência reclamou da possível vitória de Itamar com muxoxos: “Hoje, tem liminar para tudo”. O que é uma “liminarzinha” para quem vive de medidas provisórias?

Anúncios

ALI BEN AL TERADO, O JORNALISTA

Depois de 14 anos trabalhando em uma empresa de comunicação, finalmente obtive o Registro Profissional de Jornalista. Está certo que nos dias de hoje isto não quer dizer muita coisa, pois basta apresentar o CPF, RG e comprovante de residência para qualquer um dar entrada no pedido de registro na profissão. Mesmo assim, resolvi comemorar o fato incluindo no blog a história de Ali Ben Al Terado.

Ali “nasceu” no início de 2011, numa época em que eu andava com algum tempo livre e conheci o projeto do “A Primeira Vítima” (http://www.aprimeiravitima.blogspot.com), um blog de jornalismo satírico que visava recriar a realidade da “grande imprensa”, com um humor crítico.

Assim foi o texto de apresentação do personagem:

“Ali Ben Al Terado é antes de tudo um estrangeiro. Jornalista, correspondente sírio em terras brasileiras para o tablóide jihadista Shakeena, seus artigos também são publicados no Brasil pelo blog noticioso “A Primeira Vítima”. Apesar de anos vivendo nos trópicos, Al Terado continua se surpreendendo com a realidade brasileira, que costuma deixá-lo a ponto de explodir. Espírito indignado, anda sempre com uma notícia-bomba na mão, o que traz muitos problemas com as portas giratórias, e com os poderosos de plantão.”

Al Terado, em terras estrangeiras

A ideia era acompanhar os jornais, eleger uma matéria por dia, para ser detonada logo em seguida, em um artigo clonado, de forma distorcida, expondo os absurdos da sociedade brasileira, que nos chegam diariamente pela imprensa. O trabalho incluía também uma pesquisa de imagem, elegendo uma foto acompanhada de uma legenda absurda, para ilustrar os artigos.

Lendo agora, a frio, talvez fique um pouco sem sentido, com a distância da matéria original, mas valeu muito como exercício, e é um projeto que pode ser retomado a qualquer momento, basta ler as manchetes, nossa corrupção endêmica é sempre uma fonte inesgotável de humor.

Segue o resultado, em 8 artigos realizados naquele bolorento começo de ano.

Partido da Caixinha do Brasil faz gol de letra no Ministério da Ginástica – Orelhando promete aparelhar a pasta.

O Partido da Caixinha do Brasil, há quase uma década à frente da pasta da Ginástica, dá show de bola em São Paulo. O ministério de Orelhando Silva já liberou R$ 28 milhões para a ONG “Bola pro mato que o jogo é de campeonato” implementar o projeto “Segundo Tempo”; apesar do contrato prever apenas R$13 milhões para a inclusão social de jovens.

Ministro Orelhando testa os novos aparelhos

Segundo o próprio Orelhando, com esse dinheiro será possível ir além, realizando mesas redondas para a divisão das verbas suplementares. Quando perguntado pela reportagem se a escolha de uma ONG ligada ao partido não caracterizaria aparelhamento do Estado, o ministro respondeu de pronto que “sim”, e que “a licitação para a compra de novas esteiras, bicicletas ergométricas e aparelhos de supino já se encontra em fase adiantada”.

Brazyl terá novo policiamento poliglota – Zilma adverte: “lugar de cachorro é no quintal”.

A Cãolícia Federal anunciou a importação de mais de 100 pastores belgas para uso durante a Copa, em 2014. Um trem da alegria parte ainda esta semana para o exterior, para adquirir os primeiros animais.

Patrulha canina faz ronda no Palácio do Blá-nalto, em Brazyíia

Cada “au-au” custará 10 mil reais aos cofres públicos, sem levar em conta os custos do banho e tosa. Os animais já virão treinados para deitar, rolar e fingir de morto; além de latir em inglês, francês e italiano.

Passada a Copa, a idéia é que o exército canino atenda à Presidência da Rês-Pública, copiando o modelo norte-americano que usa os “pets” para apanhar os chinelos e o jornal do presidente Barraco Abana.

A presidenta Zilma, contrária à importação não tributada de hábitos culturais, já avisou que “lugar de cachorro é no quintal”, e os bichinhos dificilmente passarão da cozinha.

“Bruna Programinha” estreia nos cinemas – Um puta filme, de uma puta escritora, exalta a crítica.

Entra em cartaz esta semana, nos principais drive-ins do país, o longa-metragem “Bruna Programinha”. O filme, baseado em livro homônimo de Raquel Pasecco, arrancou elogios da crítica em sua pré-estréia.

Al Terado confere o set de gravação

“É um bom sinal, o público do cinema nacional não pode parar de crescer”, afirmou o diretor do longa Mar-cus Bandido, enquanto distribuía pílulas azuis aos convidados.

A mera-atriz Deborah Molhadinha foi escolhida a dedo para viver na tela o que Bruna Programinha viveu na cama, e deixou toda a platéia em pé.

“Um puta filme, baseado na obra de uma puta escritora”, disparou o crítico e cineasta Arnaldo Jebão, logo após a exibição do longa.

Apesar do sucesso, a verdadeira Bruna Programinha não demonstrou muito entusiasmo com a obra, e declarou “já ter engolido coisas piores”.

Para evitar a pirataria, os cafetões do filme distribuíram as mais de 300 cópias para todo o Brasil com o nome falso de “A Noviça Rebelde”.

Ruralistas abrem mão de anistia – Despudorado Aldo Cabelo responde generosidade com pacote de beneficies.

No apagar das luzes do governo de Luis Inácio Polvo da Silva, o então presidente criou o “Programa Mais Ambiente Degradado”, uma iniciativa nunca antes vista neste país, que prevê a anistia de R$ 10 bilhões em multas aplicadas aos proprietários rurais por devastar o meio ambiente. Próximo ao termino do prazo, nenhum ruralista aderiu ao programa.

“Arrasar a floresta nos proporcionou um lucro tão amazônico que resolvemos abrir mão do benefício concedido. Assim, o governo pode aplicar os recursos anistiando outros ramos da criminalidade mais carentes que o do agronegócio”, afirmou o líder ruralista Ronaldo Cagado.

Ronaldo Cagado, líder ruralista e adepto de práticas sustentáveis

Os ruralistas contam também com o apoio do despudorado federal Aldo Cabelo, do Partido Ceifador de Biomas, e relator do novo Código Florestal. Cabelo vem trabalhando para a aprovação de uma lei que isentará os proprietários de recompor as reservas por eles degradadas, além de reduzir a área de proteção que deveriam manter às margens dos rios, entre outras sutilezas.

“Essa gente foi tão generosa, abrindo mão de um direito concedido, que me senti na obrigação de preparar um pacote de benefícios à altura”, justificou o relator. Cabelo espera que até março a Câmara dos Despudorados aprove seu projeto.

Pré-carnaval de Minas eletriza foliões – “O trio elétrico está chegando ao fim”, profetiza o governador Anestesia.

O grito de carnaval da pequena Baderna do Sul pôde ser ouvido até na cidade vizinha de Poços em Caldas, há 24 km de distância. Embalados pela “Serpentina Metálica”, os foliões saíram do chão, e pularam em ritmo eletrizante.

Foliões tomam as ruas de Baderna do Sul, MG

Empolgado com a novidade, o governador de Minas Antônio Anestesia acredita que o exemplo mineiro tomará dimensões nacionais: “O pessoal está pulando até às cinzas; o carnaval está no DNA do povo mineiro. Afinal, mineiro é o baiano que a caminho de São Paulo resolveu parar e descansar. A energia que estamos passando é tão contagiante que o antigo modelo de trio elétrico está com seus dias contados.”

Blá-zylia

Os Sonados Federais já embarcaram na folia, e prometem trabalhar somente até esta terça-feira. “Na quarta, dificilmente alguém será encontrado, os nobres colegas estarão a caminho de suas bases, para ensinar a ‘Serpentina Metálica’ aos foliões de todo o país”, prevê o presidente do Sonado, José Barney.

Bahia

O músico Caetano Manhoso deve apresentar ainda esta semana seu hit para carnaval baiano de 2011. Manhoso disse não poder mostrar a música antes de seu lançamento oficial, mas acredita que será um sucesso estrondoso, e adiantou o primeiro verso para a reportagem: “Atrás da Serpentina Metálica só não vai quem já morreu”.

Mictório Público pede prisão preventiva de Bebê Constantino. “Ninguém mandou mijar pra fora”, endossa a Promotoria.

Já não era sem tempo, o Mictório Público do Distrito Federal finalmente pediu a prisão preventiva do afundador da Vol Linhas Aéreas, o empresário Bebê Constantino. A medida atropela a indecisão da Justiça, que fazia vistas grossas às picardias de Bebê.

Além de não levantar a tampa ao usar o vaso e esquecer-se de dar descargas, Constantino também é acusado de atrapalhar as investigações do processo que corre contra o empresário por assassinato, afirma o promotor José Pimenta No Dos Outros Neto.

No Dos Outros acredita que Bebê seja o responsável pelo atentado contra o ex-funcionário João Marques do Capeta, matador profissional que deveria depor em 1º de março, no Fórum de Tangatinta (DF).

Capeta admitiu ter mandado oito desafetos do ex-patrão para a outra vida, em anos de trabalhos sujos prestados, e estava disposto a confirmar tudo de pés juntos. Em 18 de fevereiro último, Capeta levou três tiros na porta de sua casa, porém sobreviveu para dedurar o malfeitor.

Tia Nastácia promete limpar as cacas de Bebê

Bebê Constantino negou as acusações. “Se tivesse a minha mão nisso, esse Capeta teria morrido voando”, disse o empresário com a firmeza de quem tem larga experiência em eliminar a concorrência. Tia Nastácia também partiu em defesa do pupilo e afirmou estar disposta a limpar qualquer sujeira que Bebê possa ter deixado para trás.

Arranca rabo por causa da mordida do Leão Gay. – Despudorados machões prometem descer a porrada e pôr fim na frescura.

A confusão está instaurada no Com-gesso Nacional. O Despudorado Federal Arrombado Fonseca, do Partido Retrógrado do Detrito Federal, está revoltado com a decisão da Receita em incluir companheiros homossexuais como dependentes na mordiscadela no lóbulo do Leão, deste ano.

A Consultoria de Moda da Câmara também reprovou o leão rosáceo, e publicou uma nota técnica dizendo que o novo tom de cor da juba não combinará com os tons pastéis do cerrado brasileiro. Ambos defendem também que a frescurada toda só pode ser autorizada quando os próprios com-gessistas decidirem sair do armário. O Despudorado está juntando uma turma para dar cabo no assunto.

Juba rosa foi vetada pela Consultoria de Moda da Câmara

“A Receita não tinha o direito de passar na nossa frente, tem colega que ainda não está pronto para esse tipo de declaração. Nós vamos domar esse leão afeminado, nem que seja na base da porrada”, alertou Arrombado Fonseca.

O Despudorado Jeep Wyllys, do Partido Sem Óleo Lubrificante, está em posição oposta e de costas. Ele acha que tamanha violência não levará a lugar algum.

“O colega Arrombado está sujo na rodinha. Por trás, seu discurso e a norma técnica da Consultoria de Moda da Câmara revelam o preconceito de nossa sociedade machista. Incluir o homossexual como dependente é um grande avanço, eu mesmo não conseguiria viver sem o meu homem”, pronunciou Jeep Wyllys em seu discurso em defesa da manutenção da atual isenção concedida aos parceiros gays.

Enquanto não se chega a um acordo sobre a validade jurídica de a Receita legislar sobre assunto tão delicado, a temperatura deve subir nas saunas e savanas de Blá-sylia.

Confetistas inovam mais uma vez e decretam o Carnaval de 10 dias. – “Ninguém resiste ao desejo”, afirma José Barney.

Os políticos brasileiros, sempre muito preocupados em preservar as tradições culturais de seu país, parecem ter uma criatividade sem fim. Num rompante de genialidade, decretaram o Carnaval de 10 dias. Tanto Despudorados como Sonadores só deverão retornar ao trabalho no próximo dia 12 de fevereiro.

José Barney, entusiasta do Carnaval de 10 dias

A reportagem já havia antecipado essa tendência ao tratar do caso da “Serpentina Metálica”, em Baderna do Sul (MG). Na ocasião, o presidente do Sonado José Barney, do Partido da Mordomia Distributiva Brasileira (PMDB), admitiu que seus colegas embarcariam em massa para seus estados de origem, propagando a eletrizante novidade surgida no pré-carnaval mineiro.

A medida foi recebida com muita serpentina no Confete Nacional, mas infelizmente neste caso não foi usado o mesmo material de Minas Gerais. José Barney aliviou geral, dispensando os Sonadores já na quarta, 2 de fevereiro.

Mesmo sabendo que os Sonadores são como carros alegóricos – que vivem dos penduricalhos – Barney garantiu que não serão descontados os dias parados. “O Carnaval no Brasil é uma tradição. Nunca ninguém resiste a esse desejo de participar”, afirmou José Barney.

Nesta quinta, 3 de fevereiro, a reportagem contou pouco mais de 10 Sonadores presentes ao trabalho, que logo se evadiram, antes mesmo que pudéssemos tirar o sapato e as meias para continuar somando. Ao todo são 81 Sonadores eleitos.

Um pouco diferente, na Câmara, formou-se uma longa fila pela manhã, quando 188 Despudorados compareceram para registrar o ponto e logo em seguida partir de malas prontas para a folia. Ao todo são 513 Dispudorados eleitos.

Os Confetistas não precisarão se preocupar com o trânsito das estradas na volta do feriado, pois as sessões da quinta e da sexta após o carnaval estão reservadas exclusivamente para discursos, e não haverá votação. Quem não puder comparecer para contar suas proezas carnavalescas também não terá um centavo descontado ao final do mês.

O líder do Partido do Trampolim (PT), Humberto Gosta, passou o dia preocupado em não perder o vôo para o Recife, ansioso por curtir um frevo rasgado. Já o líder do governo na Câmara dos Dispudorados, Cândido Calabrezza (PT-SP), alegou estafa como justificativa para o recesso de 10 dias.

“Em nenhum parlamento do mundo há trabalho em feriado. Acabamos de votar umas medidas provisórias, o pessoal está merecendo umas Brahmas”, decretou Calabrezza.

Além desses artigos, Ali Ben Al Terado possui perfil no facebook, onde podemos ver um pouco mais da intimidade do jornalista, através de seu álbum de fotos:

Ali (ao centro) baforando entre amigos

Ali e seu pet

Ali e colegas da redação rumo ao paint ball

Ali, Visconde de Mauá – RJ

Burkini, Ubatuba – SP

Ali em momento iluminado