ALI BEN AL TERADO, O JORNALISTA

Depois de 14 anos trabalhando em uma empresa de comunicação, finalmente obtive o Registro Profissional de Jornalista. Está certo que nos dias de hoje isto não quer dizer muita coisa, pois basta apresentar o CPF, RG e comprovante de residência para qualquer um dar entrada no pedido de registro na profissão. Mesmo assim, resolvi comemorar o fato incluindo no blog a história de Ali Ben Al Terado.

Ali “nasceu” no início de 2011, numa época em que eu andava com algum tempo livre e conheci o projeto do “A Primeira Vítima” (http://www.aprimeiravitima.blogspot.com), um blog de jornalismo satírico que visava recriar a realidade da “grande imprensa”, com um humor crítico.

Assim foi o texto de apresentação do personagem:

“Ali Ben Al Terado é antes de tudo um estrangeiro. Jornalista, correspondente sírio em terras brasileiras para o tablóide jihadista Shakeena, seus artigos também são publicados no Brasil pelo blog noticioso “A Primeira Vítima”. Apesar de anos vivendo nos trópicos, Al Terado continua se surpreendendo com a realidade brasileira, que costuma deixá-lo a ponto de explodir. Espírito indignado, anda sempre com uma notícia-bomba na mão, o que traz muitos problemas com as portas giratórias, e com os poderosos de plantão.”

Al Terado, em terras estrangeiras

A ideia era acompanhar os jornais, eleger uma matéria por dia, para ser detonada logo em seguida, em um artigo clonado, de forma distorcida, expondo os absurdos da sociedade brasileira, que nos chegam diariamente pela imprensa. O trabalho incluía também uma pesquisa de imagem, elegendo uma foto acompanhada de uma legenda absurda, para ilustrar os artigos.

Lendo agora, a frio, talvez fique um pouco sem sentido, com a distância da matéria original, mas valeu muito como exercício, e é um projeto que pode ser retomado a qualquer momento, basta ler as manchetes, nossa corrupção endêmica é sempre uma fonte inesgotável de humor.

Segue o resultado, em 8 artigos realizados naquele bolorento começo de ano.

Partido da Caixinha do Brasil faz gol de letra no Ministério da Ginástica – Orelhando promete aparelhar a pasta.

O Partido da Caixinha do Brasil, há quase uma década à frente da pasta da Ginástica, dá show de bola em São Paulo. O ministério de Orelhando Silva já liberou R$ 28 milhões para a ONG “Bola pro mato que o jogo é de campeonato” implementar o projeto “Segundo Tempo”; apesar do contrato prever apenas R$13 milhões para a inclusão social de jovens.

Ministro Orelhando testa os novos aparelhos

Segundo o próprio Orelhando, com esse dinheiro será possível ir além, realizando mesas redondas para a divisão das verbas suplementares. Quando perguntado pela reportagem se a escolha de uma ONG ligada ao partido não caracterizaria aparelhamento do Estado, o ministro respondeu de pronto que “sim”, e que “a licitação para a compra de novas esteiras, bicicletas ergométricas e aparelhos de supino já se encontra em fase adiantada”.

Brazyl terá novo policiamento poliglota – Zilma adverte: “lugar de cachorro é no quintal”.

A Cãolícia Federal anunciou a importação de mais de 100 pastores belgas para uso durante a Copa, em 2014. Um trem da alegria parte ainda esta semana para o exterior, para adquirir os primeiros animais.

Patrulha canina faz ronda no Palácio do Blá-nalto, em Brazyíia

Cada “au-au” custará 10 mil reais aos cofres públicos, sem levar em conta os custos do banho e tosa. Os animais já virão treinados para deitar, rolar e fingir de morto; além de latir em inglês, francês e italiano.

Passada a Copa, a idéia é que o exército canino atenda à Presidência da Rês-Pública, copiando o modelo norte-americano que usa os “pets” para apanhar os chinelos e o jornal do presidente Barraco Abana.

A presidenta Zilma, contrária à importação não tributada de hábitos culturais, já avisou que “lugar de cachorro é no quintal”, e os bichinhos dificilmente passarão da cozinha.

“Bruna Programinha” estreia nos cinemas – Um puta filme, de uma puta escritora, exalta a crítica.

Entra em cartaz esta semana, nos principais drive-ins do país, o longa-metragem “Bruna Programinha”. O filme, baseado em livro homônimo de Raquel Pasecco, arrancou elogios da crítica em sua pré-estréia.

Al Terado confere o set de gravação

“É um bom sinal, o público do cinema nacional não pode parar de crescer”, afirmou o diretor do longa Mar-cus Bandido, enquanto distribuía pílulas azuis aos convidados.

A mera-atriz Deborah Molhadinha foi escolhida a dedo para viver na tela o que Bruna Programinha viveu na cama, e deixou toda a platéia em pé.

“Um puta filme, baseado na obra de uma puta escritora”, disparou o crítico e cineasta Arnaldo Jebão, logo após a exibição do longa.

Apesar do sucesso, a verdadeira Bruna Programinha não demonstrou muito entusiasmo com a obra, e declarou “já ter engolido coisas piores”.

Para evitar a pirataria, os cafetões do filme distribuíram as mais de 300 cópias para todo o Brasil com o nome falso de “A Noviça Rebelde”.

Ruralistas abrem mão de anistia – Despudorado Aldo Cabelo responde generosidade com pacote de beneficies.

No apagar das luzes do governo de Luis Inácio Polvo da Silva, o então presidente criou o “Programa Mais Ambiente Degradado”, uma iniciativa nunca antes vista neste país, que prevê a anistia de R$ 10 bilhões em multas aplicadas aos proprietários rurais por devastar o meio ambiente. Próximo ao termino do prazo, nenhum ruralista aderiu ao programa.

“Arrasar a floresta nos proporcionou um lucro tão amazônico que resolvemos abrir mão do benefício concedido. Assim, o governo pode aplicar os recursos anistiando outros ramos da criminalidade mais carentes que o do agronegócio”, afirmou o líder ruralista Ronaldo Cagado.

Ronaldo Cagado, líder ruralista e adepto de práticas sustentáveis

Os ruralistas contam também com o apoio do despudorado federal Aldo Cabelo, do Partido Ceifador de Biomas, e relator do novo Código Florestal. Cabelo vem trabalhando para a aprovação de uma lei que isentará os proprietários de recompor as reservas por eles degradadas, além de reduzir a área de proteção que deveriam manter às margens dos rios, entre outras sutilezas.

“Essa gente foi tão generosa, abrindo mão de um direito concedido, que me senti na obrigação de preparar um pacote de benefícios à altura”, justificou o relator. Cabelo espera que até março a Câmara dos Despudorados aprove seu projeto.

Pré-carnaval de Minas eletriza foliões – “O trio elétrico está chegando ao fim”, profetiza o governador Anestesia.

O grito de carnaval da pequena Baderna do Sul pôde ser ouvido até na cidade vizinha de Poços em Caldas, há 24 km de distância. Embalados pela “Serpentina Metálica”, os foliões saíram do chão, e pularam em ritmo eletrizante.

Foliões tomam as ruas de Baderna do Sul, MG

Empolgado com a novidade, o governador de Minas Antônio Anestesia acredita que o exemplo mineiro tomará dimensões nacionais: “O pessoal está pulando até às cinzas; o carnaval está no DNA do povo mineiro. Afinal, mineiro é o baiano que a caminho de São Paulo resolveu parar e descansar. A energia que estamos passando é tão contagiante que o antigo modelo de trio elétrico está com seus dias contados.”

Blá-zylia

Os Sonados Federais já embarcaram na folia, e prometem trabalhar somente até esta terça-feira. “Na quarta, dificilmente alguém será encontrado, os nobres colegas estarão a caminho de suas bases, para ensinar a ‘Serpentina Metálica’ aos foliões de todo o país”, prevê o presidente do Sonado, José Barney.

Bahia

O músico Caetano Manhoso deve apresentar ainda esta semana seu hit para carnaval baiano de 2011. Manhoso disse não poder mostrar a música antes de seu lançamento oficial, mas acredita que será um sucesso estrondoso, e adiantou o primeiro verso para a reportagem: “Atrás da Serpentina Metálica só não vai quem já morreu”.

Mictório Público pede prisão preventiva de Bebê Constantino. “Ninguém mandou mijar pra fora”, endossa a Promotoria.

Já não era sem tempo, o Mictório Público do Distrito Federal finalmente pediu a prisão preventiva do afundador da Vol Linhas Aéreas, o empresário Bebê Constantino. A medida atropela a indecisão da Justiça, que fazia vistas grossas às picardias de Bebê.

Além de não levantar a tampa ao usar o vaso e esquecer-se de dar descargas, Constantino também é acusado de atrapalhar as investigações do processo que corre contra o empresário por assassinato, afirma o promotor José Pimenta No Dos Outros Neto.

No Dos Outros acredita que Bebê seja o responsável pelo atentado contra o ex-funcionário João Marques do Capeta, matador profissional que deveria depor em 1º de março, no Fórum de Tangatinta (DF).

Capeta admitiu ter mandado oito desafetos do ex-patrão para a outra vida, em anos de trabalhos sujos prestados, e estava disposto a confirmar tudo de pés juntos. Em 18 de fevereiro último, Capeta levou três tiros na porta de sua casa, porém sobreviveu para dedurar o malfeitor.

Tia Nastácia promete limpar as cacas de Bebê

Bebê Constantino negou as acusações. “Se tivesse a minha mão nisso, esse Capeta teria morrido voando”, disse o empresário com a firmeza de quem tem larga experiência em eliminar a concorrência. Tia Nastácia também partiu em defesa do pupilo e afirmou estar disposta a limpar qualquer sujeira que Bebê possa ter deixado para trás.

Arranca rabo por causa da mordida do Leão Gay. – Despudorados machões prometem descer a porrada e pôr fim na frescura.

A confusão está instaurada no Com-gesso Nacional. O Despudorado Federal Arrombado Fonseca, do Partido Retrógrado do Detrito Federal, está revoltado com a decisão da Receita em incluir companheiros homossexuais como dependentes na mordiscadela no lóbulo do Leão, deste ano.

A Consultoria de Moda da Câmara também reprovou o leão rosáceo, e publicou uma nota técnica dizendo que o novo tom de cor da juba não combinará com os tons pastéis do cerrado brasileiro. Ambos defendem também que a frescurada toda só pode ser autorizada quando os próprios com-gessistas decidirem sair do armário. O Despudorado está juntando uma turma para dar cabo no assunto.

Juba rosa foi vetada pela Consultoria de Moda da Câmara

“A Receita não tinha o direito de passar na nossa frente, tem colega que ainda não está pronto para esse tipo de declaração. Nós vamos domar esse leão afeminado, nem que seja na base da porrada”, alertou Arrombado Fonseca.

O Despudorado Jeep Wyllys, do Partido Sem Óleo Lubrificante, está em posição oposta e de costas. Ele acha que tamanha violência não levará a lugar algum.

“O colega Arrombado está sujo na rodinha. Por trás, seu discurso e a norma técnica da Consultoria de Moda da Câmara revelam o preconceito de nossa sociedade machista. Incluir o homossexual como dependente é um grande avanço, eu mesmo não conseguiria viver sem o meu homem”, pronunciou Jeep Wyllys em seu discurso em defesa da manutenção da atual isenção concedida aos parceiros gays.

Enquanto não se chega a um acordo sobre a validade jurídica de a Receita legislar sobre assunto tão delicado, a temperatura deve subir nas saunas e savanas de Blá-sylia.

Confetistas inovam mais uma vez e decretam o Carnaval de 10 dias. – “Ninguém resiste ao desejo”, afirma José Barney.

Os políticos brasileiros, sempre muito preocupados em preservar as tradições culturais de seu país, parecem ter uma criatividade sem fim. Num rompante de genialidade, decretaram o Carnaval de 10 dias. Tanto Despudorados como Sonadores só deverão retornar ao trabalho no próximo dia 12 de fevereiro.

José Barney, entusiasta do Carnaval de 10 dias

A reportagem já havia antecipado essa tendência ao tratar do caso da “Serpentina Metálica”, em Baderna do Sul (MG). Na ocasião, o presidente do Sonado José Barney, do Partido da Mordomia Distributiva Brasileira (PMDB), admitiu que seus colegas embarcariam em massa para seus estados de origem, propagando a eletrizante novidade surgida no pré-carnaval mineiro.

A medida foi recebida com muita serpentina no Confete Nacional, mas infelizmente neste caso não foi usado o mesmo material de Minas Gerais. José Barney aliviou geral, dispensando os Sonadores já na quarta, 2 de fevereiro.

Mesmo sabendo que os Sonadores são como carros alegóricos – que vivem dos penduricalhos – Barney garantiu que não serão descontados os dias parados. “O Carnaval no Brasil é uma tradição. Nunca ninguém resiste a esse desejo de participar”, afirmou José Barney.

Nesta quinta, 3 de fevereiro, a reportagem contou pouco mais de 10 Sonadores presentes ao trabalho, que logo se evadiram, antes mesmo que pudéssemos tirar o sapato e as meias para continuar somando. Ao todo são 81 Sonadores eleitos.

Um pouco diferente, na Câmara, formou-se uma longa fila pela manhã, quando 188 Despudorados compareceram para registrar o ponto e logo em seguida partir de malas prontas para a folia. Ao todo são 513 Dispudorados eleitos.

Os Confetistas não precisarão se preocupar com o trânsito das estradas na volta do feriado, pois as sessões da quinta e da sexta após o carnaval estão reservadas exclusivamente para discursos, e não haverá votação. Quem não puder comparecer para contar suas proezas carnavalescas também não terá um centavo descontado ao final do mês.

O líder do Partido do Trampolim (PT), Humberto Gosta, passou o dia preocupado em não perder o vôo para o Recife, ansioso por curtir um frevo rasgado. Já o líder do governo na Câmara dos Dispudorados, Cândido Calabrezza (PT-SP), alegou estafa como justificativa para o recesso de 10 dias.

“Em nenhum parlamento do mundo há trabalho em feriado. Acabamos de votar umas medidas provisórias, o pessoal está merecendo umas Brahmas”, decretou Calabrezza.

Além desses artigos, Ali Ben Al Terado possui perfil no facebook, onde podemos ver um pouco mais da intimidade do jornalista, através de seu álbum de fotos:

Ali (ao centro) baforando entre amigos

Ali e seu pet

Ali e colegas da redação rumo ao paint ball

Ali, Visconde de Mauá – RJ

Burkini, Ubatuba – SP

Ali em momento iluminado

Anúncios